Borboleta - Casimiro de Abreu

Um poema no qual o autor simboliza a mulher como uma borboleta e os homens de sua vida como as flores que ela troca Baixe agora

209 downloads
0 KB
Atualizado em
Em português

"Borboleta" é um poema escrito por Casimiro de Abreu em 1858 no qual o autor pergunta a uma borboleta o motivo da troca de uma flor por outra. A flor representa a mulher e as flores representam os homens que esta trocou diversas vezes e que definharam por amor.

Casimiro José Marques de Abreu nasceu em 1839 e foi um poeta brasileiro da segunda geração romântica. Morou em Portugal por quatro anos, tornou-se um dos poetas mais populares do Romantismo e faleceu em 1860.

Roda em 95/98/NT/2K/ME/XP/03/Vista/08/7

| URL curta

Comentários ()

Gratuito

Permitido o uso apenas para fins educacionais

Telas

Relacionados

Poesia e Amor - Casimiro de Abreu

Gratuito

Baixe gratuitamente "Poesia e Amor", escrito pelo grande poeta Casimiro de Abreu Disponível para download em PDF

Meus Oito Anos - Casimiro de Abreu

Gratuito

Em seu poema mais conhecido, Casimiro de Abreu relembra momentos inesquecíveis da sua infância Baixe gratuitamente em PDF

As Primaveras - Casimiro de Abreu

Gratuito

Único livro de poesias do grande poeta do Romantismo Baixe gratuitamente "As Primaveras" de Casimiro de Abreu, em PDF

Carolina - Casimiro de Abreu

Gratuito

Uma história de amor, ódio e traição que vai prender o leitor do começo ao fim Baixe "Carolina" de Casimiro de Abreu

A Valsa - Casimiro de Abreu

Gratuito

O encantamento de um rapaz ao ver uma bela moça valsando Baixe gratuitamente em PDF o poema "A Valsa" de Casimiro de Abreu