SetCPU for Root Users

Controle a frequência da CPU do seu gadget com esse inteligente aplicativo que automatiza a tarefa de acordo com a necessidade

2.440 downloads
2 KB
Atualizado em

QR Code

Use o QR code e faça o download direto do seu aparelho Android

Acesse a página pelo Google Play

Como utilizar o QR Code

O SetCPU é uma ótima ferramenta que facilita para usuários novatos terem maior controle sobre o equipamento que compraram. Além disso, deixa o seu aparelho mais inteligente, permitindo que se configure ações dadas certas circunstâncias que farão o gadget ficar rápido nos momentos que você precisa e lento para economizar o máximo de bateria quando você não o estiver usando.

Análise de Ricardo

O overclocking acompanha os entusiastas em informática desde os primeiros lançamentos do modelo IBM-PC lançados no mercado na década de 1980. O overclocking é uma técnica que consiste basicamente em aumentar a potência de clock de um processador atribuindo um valor mais alto do que consta no projeto original. O objetivo, óbvio, era aumentar a velocidade de trabalho da máquina. 

Isso é feito até hoje por técnicos conhecidos como overclockers, que são usuários especializados em realizar esse processo nos computadores. No entanto, com o advento e popularização de smartphones e tablets, parecia que essa rotina tinha se extinguido. Mas só parecia. Esses equipamentos não deixam de ser computadores e, como tal, é possível realizar os mesmos procedimentos para aumentar ou baixar a velocidade do processador.

O SetCPU for Root Users é um aplicativo que permite aplicar overclocking ou underclocking na CPU da quase da mesma forma como é feita nos PCs de mesa. Com ele, você consegue alterar a frequência de funcionamento da CPU forcando-a a trabalhar mais rápido do que foi projetado. Além disso, o aplicativo vai além, e permite criar gatilhos que reconfigura a velocidade do processador de acordo com determinadas circunstâncias definidas por você.

Visão geral

Na década de 1980, a IMB entrou de cabeça no mercado de micro computadores com o intuito de abocanhar uma fatia dese crescente negócio que estava despontando. Não demorou muito e esses equipamentos saíram do mundo corporativo e invadiram a casa de muitas pessoas comuns. No início, apenas entusiastas e pessoas voltadas à área de tecnologia.

Embora para a época esses computadores, centenas de vezes mais lento que um smartphone atual, dessem conta do recado, sempre houveram aqueles que se dedicavam a explorar o equipamento ao máximo e até extrair dele mais do que originalmente foi concebido para dar. Isso resultou no que hoje é conhecido como overclock.

Alguns anos se passaram e a Intel, percebendo a demanda e já bastante popular com seus processadores 386 e 486, lança uma versão especial e atualizada, o 486 DX2, já com um clock dobrado em relação ao barramento, tudo para alegrar os consumidores mais exigentes. Apesar de um presente para esse tipo de usuário de informática, lançar um processador já com overclock tirou toda a graça da exploração.

Por isso, muitos hacker continuaram forçando ao máximo e extraindo e qualquer ganho de poucos MHz de funcionamento já era uma vitória. A coisa toda não mudou nos dias atuais, inclusive com campeonatos de overclock realizados por pessoas altamente capacitadas que conseguem as vezes triplicar a velocidade de uma CPU, graças ao conhecimento adquirido na história.

Mas e os gadgets atuais, que praticamente superaram os computadores em vendas e relevância? Significa que toda essa história será deixada para trás? A resposta para essa questão é simples: Não. Os smartphones e tablets nada mais são do que versões resumidas de um computador, diferentes na usabilidade e propósito, mas ainda sim um computador.

E não demorou muito que hacker se propusessem a fazer nesses gadgets o que antes era restrito aos PCs de mesa - overclocking. Para que isso funciona, no entanto, você precisa ter poderes de root. Depois, você precisa de um aplicativo que faça o trabalho de repassar a requisição para o kernel Linux e, este, se encarrega de forçar a CPU a trabalhar acima do normal.

Características

O SetCPU permite que você ajuste esses valores tão fácil quanto ajustar as horas no smartphone ou tablet Android. Ele funciona com uma enorme quantidade de dispositivos e ROMs Android, originais ou customizadas. A vantagem de reajustar o processador é óbvia, e pode fazer o dispositivo ficar entre 25% a 45% mais rápido do que é originalmente.

Contudo, assim como você faz o processador trabalhar demais, há uma perda maior de energia convertida em calor, ou seja, a bateria se esvai mais rápido e o dispositivo esquenta mais. No entanto, SetCPU tanto pode trabalhar com uma configuração estabelecida por você indefinidamente, quanto de forma inteligente.

Com ele você pode criar perfis para uma troca rápida de uma configuração a outra. Além disso, permite automatizar essas trocas através de eventos e ações. Por exemplo, automatize o processo para um overclock ao rodar jogos mais pesados e, ao sair, a velocidade do processador retorna ao normal. Ou se a bateria estiver com nível baixo de carga, ele troca sozinho para uma velocidade abaixo, poupando energia.

Se você notar que o aparelho está aquecendo muito durante o uso com a CPU acima do projetado, pode criar um gatilho que troque para uma baixa voltagem até a temperatura baixar. A imaginação é o limite! As regras podem ser criadas de forma a responderem a eventos, que vão desde aplicativos iniciados ou finalizados, quando a tela está bloqueada (sleep mode), quando a bateria cai para um determinado valor até a temperatura do sistema.

Até aqui se tem falado em overclock, mas o inverso também é possível, o underclock. Baixar a velocidade de trabalho de um processador pode te fazer economizar muita bateria ao longo do dia, principalmente se você o usa para tarefas básicas, como checar emails, responder à mensagens de comunicadores instantâneos ou ouvir música.

O app também possui uma função especial, restrita a kernels personalizados (não originais de fábrica), onde é possível definir um valor abaixo tanto da CPU quanto da voltagem, ou seja, dá para limitar a energia que é enviada ao processador, técnica chamada undervolting. O impacto disso é maior ainda na economia de bateria do que apenas aplicar o underclock.

Algumas considerações importantes

Aumentar a frequência de funcionamento do processador traz alguns riscos óbvios. Esses componentes não foram projetados para trabalharem acima de sua capacidade nominal por longos períodos (embora os fabricantes adotem uma margem de tolerância). O maior perigo que há é a queima do processador, que acarreta na perda do aparelho, visto que diferentemente dos PCs, a CPU é "colada" à placa principal, chamado SOC (System On a Chip).

Devido a isso, usar esse aplicativo para realizar overclock é de sua total responsabilidade. Contudo, há uma valor considerado seguro por muitos profissionais já especializados nessa rotina. Considere sempre aumentar o valor de trabalho da CPU em no máximo 25 por cento. Esse é um valor normalmente aplicado pela industria aos seus componentes, ou limite de tolerância suportável.

De outra forma, não há qualquer risco em realizar o processo inverso, ou seja, reduzir a velocidade de trabalho da CPU, visto que os processadores atualmente já fazem isso. Por exemplo, quando você não está usando seu gadget, para economizar energia o processador reduz a sua velocidade automaticamente.

Portanto, realizar o underclock é basicamente escolher manter o processador funcionando numa escala abaixo do valor nominal de topo, ou frequência máxima de fábrica. Embora não muito comum, nos dias de hoje é importante, pois agora nossos gadgets não ficam ligados à tomada, e a bateria, infelizmente, é a única peça que não acompanha a inovação do restante que forma um smartphone ou tablet.

abortion clinics in atlanta family guy abortion episode side effects of an abortion
married men affairs click wife cheaters
i cheat on my boyfriend scottdangelo.com my boyfriend cheats
how do you get a girlfriend my girlfriend wants me to cheat on her my girlfriend cheated on me what do i do

Roda em 2.2 ou superior

| URL curta

Comentários ()

Pago

Telas

Prós

  • Aplicativo pequeno mas poderoso para controle de CPU
  • Permite configurar perfis que se alteram automaticamente mediante eventos
  • Fácil ajuste para velocidade mínima e máxima
  • Ótima usabilidade, sendo extremamente fácil de configurar

Contras

  • Se você encontrou um ponto negativo, nos avise, por favor, nos comentários

Relacionados

Steam

Gratuito

Compre seus games preferidos, organize sua biblioteca e conheça mais pessoas com esse serviço completo para gamers

Windows 8 Enterprise

Grátis para testar

Versão demo do Windows 8 com ferramentas de desenvolvimento para usuários fãs do sistema operacional

Windows 7 SP1

Grátis para testar

O Windows 7 para download Use o serial de testes da versão full para usá-lo por 30 dias e ver o que ele tem de bom

VNC Source Win32 4.0

Gratuito

Código fonte do VNC

Kingo Root 1.4.4

Gratuito

Programa para o Windows que permite ao usuário fazer Root no seu Android com apenas um clique