Telefone celular pode causar infertilidade masculina

Pesquisador do Canadá descobriu que as ondas eletromagnéticas atuam em um hormônio importante na reprodução do homem

Por Rodrigo Lima em 20/05/2011


O Pesquisador Rany Shamlou, da Universidade de Queens, no Canadá, realizou um estudo que descobriu que o uso do celular pode reduzir a fertilidade masculina. Isso ocorre mesmo quando os níveis de testosterona aumentam no corpo com a passar da idade.

A pesquisa revelou que, embora o uso do telefone celular pareça aumentar o nível de testosterona circulando no corpo, ele também baixa a qualidade do esperma e a consequente diminuição da fertilidade. Segundo o pesquisador, o LH (Hormônio Luteinizante) apresentou níveis baixos em pacientes expostos à radiação que é emitida por telefones celulares. Este é um hormônio importante para a reprodução.

Uma das hipóteses é de que as ondas eletromagnéticas emitidas pelos celulares atuem na glândula pituitária, que é justamente a responsável para a produção do hormônio LH. Com a diminuição do hormônio, a testosterona circula de maneira básica, e não se torna fértil.

Shamlou também afirmou que pesquisas mais profundas serão necessárias para verificar a maneira como a radiação eletromagnética atua na fertilidade do homem.

 Links Relacionados

Fonte(s)
Imagens
| URL curta

Comentários ()


}