Sucata hi-tech: transforme seu PC velho num mídia center e console de grandes clássicos do passado

Está pensando em jogar o PC antigo no lixo? Confira uma dica esperta de como reaproveitá-lo para assistir a filmes e ainda jogar games de consoles clássicos

Por Felipe Augusto Cavalcante em 19/06/2012


É triste quando chega o momento de se desfazer do amado PC, seja por ele não atender mais as necessidades, seja por não rodar os jogos e sistemas operacionais mais modernos. Embora se livrar da máquina seja a opção mais usual, você pode aproveitá-lo para tarefas que exigem menos de sua já cansada capacidade de processamento e da baixa quantidade de memória.

Nesta matéria, você confere os materiais e estratégias necessárias para transformar seu antigo PC em uma central de entretenimento capaz de reproduzir vídeos, músicas e ainda rodar os jogos que marcaram a sua infância ou juventude; tudo isso sem precisar mandar o velho console para o conserto (se é que algum técnico ainda se interessa em consertá-lo...).

Como não sabemos as configurações da preciosidade que você possui, informaremos ao lado de cada ideia de reaproveitamento os requisitos necessários para fazer a gambiarra. É importante lembrar que, dependendo de seus equipamentos e desejos, não é preciso gastar nada para atingir o efeito desejado. Aqui, o final você decide.

Transformaram o gabinete em churrasqueira. Criativo, mas não é a melhor opção

Mídia Center

Embora o nome seja pomposo e pareça algo do outro mundo, na prática indica apenas que você tem um equipamento capaz de reproduzir músicas e vídeos. Em alguns equipamentos mais avançados, usando o reaproveitamento que sugerimos, é possível também acessar alguns sites em sua TV; os mais comuns são o YouTube e Facebook.

Conectar os computadores e notebooks novos a TVs modernas é simples, basta comprar um cabo HDMI e ligar as pontas. Mas é claro que nossas preciosidades não dispõem de uma entrada destas. O computador, por padrão, traz apenas uma saída VGA de vídeo e uma saída P2 de som, a mesma que costuma vir em rádios e telefones celulares. Tal como mostrado nas imagens a seguir:

Entrada HDMI à direita

 

Conectores de um cabo HDMI

 

Se você possui uma TV LCD, de plasma ou LED, é muito provável que ela tenha a entrada VGA, neste caso seria uma preocupação a menos; basta conectar a saída do computador com a entrada da TV, usando um cabo daqueles que vêm com monitores ou até mesmo com o próprio televisor.

Conector VGA

Cabo VGA

Nosso reaproveitamento vai além: que tal usar aquela TV velha que está encostada aí na sua casa? Melhor ainda: podemos pegar também o videocassete, que há muito foi trocado pelo DVD (que também já foi trocado pelo Blu-Ray).

 

Ligar o PC antigo na TV


Confira, abaixo, o que você precisa, conforme o equipamento que já possui:
 

1. Sua TV não tem entrada VGA - é preciso comprar um transcodificador de VGA para RCA. Ele pode ser encontrado em lojas virtuais por preços a partir de R$63,00. O aparelho é bem simples e pode ser alimentado pela porta USB do micro ou por uma fonte externa, caso a máquina não possua portas USB. Abaixo, foto do produto e da entrada RCA.

Entradas RCA


Outra opção, é usar um daqueles carregadores de celular USB que liga diretamente na tomada. Pode ser encontrado na Internet por preços a partir de R$4,00. Esta é a opção mais barata se o micro não tiver porta USB, e você ainda pode levar o carregador em viagens para carregar o seu smartphone ou caixas de som energizadas pela USB, cada vez mais comuns.

Exemplo de cabo RCA
 

Para usar este adaptador, basta conectá-lo na saída VGA do PC e ele disponibilizará as imagens prontas para exibição através de outra saída VGA, uma RCA comum e outra S-Vídeo, que traz uma qualidade um pouco superior à RCA comum.

Exemplo de transcodificador VGA para RCA (saída amarela)
 

2. Sua TV não tem VGA e nem entrada RCA (as TVs mais antigas e divertidas para usar) - além do adaptador mostrado acima, você precisará também do saudoso videocassete, pois ele converte naturalmente entradas RCA para o famoso conector coaxial (próxima foto). Se este for o caso, você precisará conectar o transcodificador na saída VGA do PC, o videocassete nele e por fim, o aparelho na TV através de um cabo coaxial.

Exemplo de conector coaxial

 

O cabo coaxial pode ser encontrado em qualquer loja de materiais de construção

 

3. Transmitir o som do PC para a TV - como o cabo VGA transmite apenas o vídeo, ainda é preciso redirecionar o som do PC, da saída P2, para uma entrada P2 da TV, caso exista esta possibilidade. Outra opção é usar um home theater, para aproveitar completamente o som de forma prática e com qualidade superior.

O conector P2 verde é a saída de áudio do PC

 

Mas nosso objetivo aqui é realmente usar coisa velha! Supondo que você tenha uma TV realmente velha e decidiu conectar o videocassete nela (conforme o passo 2), basta comprar um cabo conversor de P2 para RCA, que pode ser encontrado por preços a partir de R$5,00. Com ele, basta conectar a entrada P2 no PC e as saídas RCA (branca e vermelha) no videocassete.

Exemplo de cabo conversor P2 (em preto) para RCA (vermelho e banco)


É claro que, se a TV possui entradas RCA, você também pode plugar os cabos diretamente nela. Do contrário, realmente precisará do videocassete ou algum dispositivo conversor (difícil de achar aqui no Brasil).
 

O sistema operacional

Agora que o PC já está ligado na TV, basta instalar os programas que você deseja usar para adicionar funcionalidades e os arquivos de conteúdo. Uma dica importante é usar sempre o sistema operacional que veio com a máquina ou um compatível com o seu desempenho. Um computador que, por exemplo, veio com o Windows 98 provavelmente não rodará bem o XP ou versão mais recente.


Aproveitar músicas e vídeos

Para reproduzir arquivos MP3, de músicas, computadores com processador de 133 MHz e pelo menos 16 MB de memória RAM já são suficientes. Se o PC foi planejado para rodar Windows 98 ou anterior, é recomendado usar o player Winamp Lite; para Windows XP ou mais recente, a versão Winamp Full dá conta do recado. O assunto complica mesmo na reprodução de vídeos, pois exige mais poder computacional.

O Winamp é prático e traz recursos avançados


Segundo o site XviD Movies, especializado no formato XviD, é preciso, para reproduzir vídeos neste formato com a resolução 720p (1280x720), pelo menos um computador equipado com processador Pentium 300 MHz ou AMD K6-2 de 400 MHz. Esta configuração já é um bom parâmetro para rodar vídeos compatíveis com a qualidade de TVs convencionais de forma confortável.

É importante lembrar que a resolução das TVs de tubo (CRT) é ainda inferior, não precisa se preocupar muito com resoluções mais altas. O YouTube sugere, para a reprodução até mesmo dos vídeos mais simples, sistema operacional Windows XP ou superior e a versão 7 ou superior do Adobe Flash Player; as versões mais antigas do Flash podem ser encontradas nos arquivos da Adobe.

Contudo, não é recomendado uso de um sistema desatualizado ou de ferramentas desatualizadas para navegar em outros sites; por isso evite clicar em links do Youtube ou de redes sociais enquanto estiver em seu Midia Center.

Para assistir a seus arquivos de vídeos prediletos, vale a pena instalar o K-Lite Mega Codec Pack que já vem preparado para reproduzir os principais formatos de vídeo do mercado, além de trazer o player extremamente leve Media Player Classic.

O Media Player Classic economiza memória e processamento de seu PC

 

Um console universal

Depois de configurado o computador, é possível transformá-lo em um grande emulador de jogos antigos, pois existe uma ampla variedade de programas que rodam games de Atari, Master System, NES, Super Nintendo (SNES), MegaDrive e até mesmo arcade. Dependendo do poder de seu computador e a existência de uma placa de vídeo, é possível rodar até mesmo jogos do Playstation 1 e Nintendo 64; isso sem contar com portáteis, como Game Boy e Game Gear.

Para aumentar o nível de realismo ou aproveitar os seus controles originais, existe uma série de adaptadores para ligar os gamepads antigos na porta USB do PC, caso ele disponha de uma. Se a placa mãe não tem portas USB, ainda assim é possível adicionar uma placa PCI e ganhar no mínimo 2 portas; a placa é fácil de instalar e pode ser encontrada por preços a partir de R$10,00.

Faltou porta USB? Algumas placas PCI adicionam até 4 entradas

O adaptador do controle de Super Nintendo para USB sai por preços a partir de R$50,00 em lojas virtuais brasileiras. O adaptador de controles de Atari via USB é mais caro, e sai por preços a partir de R$89,00. Caso tenha um controle de Playstation 1 ou 2, o adaptador sai a partir de R$15,00; vale a pena adaptar o controle do Playstation, pois é tido como um dos mais resistentes.

Conecte controles do Super Nintendo, oficiais ou semelhantes, na USB de seu PC
 

É claro que você pode jogar com qualquer controle USB, estes adaptadores são apenas para quem deseja reviver a experiência completa dos jogos antigos e seus controles difíceis. Se quiser jogar um game de Atari ou Master System com o controle do Playstation 1 ou 2, sem problemas! No PC, mesmo velho, tudo isso é possível.

Um controle baratinho para agitar seus emuladores. A partir de R$10.
 

Outra opção interessante é comprar um daqueles controles de fliperama, que costumava calejar as mãos das gerações anteriores nos famosos jogos de luta ou aventura. Um destes pode ser encontrado na Internet por preços a partir de R$150,00. Alguns funcionam também no Playstation 3 ou Xbox 360, além, é claro, do próprio PC.

Controle arcade disponível em lojas virtuais
 

Veja abaixo uma lista com os principais emuladores do Superdownloads:

Acha que o reaproveitamento não foi tão legal assim? Está com vontade de realmente fazer um verdadeiro tuning em equipamento? Uma boa alternativa é comprar ou montar o seu próprio gabinete de fliperama. No Youtube existem vários vídeos ensinando a construir este item de valor sentimental, a partir de simples placas de madeira.

Com paciência e uma boa dose de talento artistico (ou persistência), é possível atingir resultados como os do vídeo abaixo:

Se você fizer algo assim, por favor, mande as fotos ou o vídeo para o Superdownloads!

Próximas sucatas hi-tech

Continue acompanhando as matérias da série sucata hi-tech, nela você encontrará várias outras dicas para complementar as passadas nesta matéria e assuntos muito mais curiosos. Por exemplo, abordaremos: como criar servidores de arquivos em rede, servidores de download torrent e direto, roteadores inteligentes; e como aproveitar distros Linux para revitalizar seu velho PC. Sim, existem distribuições Linux excelentes para ressuscitar computadores capengas.

Gostaríamos de saber a sua opinião: conhece outros modos de reciclar PCs ou equipamentos tecnológicos antigos. Consegue transformar cabos, disquetes, CDs, unidades de leitura e placas em algo artístico? Então, deixe seu comentário logo abaixo!

Fonte(s)
Imagens
| URL curta

Comentários ()


}