Dicas de manutenção e de recuperação para Windows 7

Aprenda como fazer manutenção, lidar com travamentos e bugs no uso do sistema operacional da Microsoft

Por Equipe SD em 22/06/2012


 

Ainda que você seja um usuário zeloso e tome todas as precauções de segurança no uso do Windows, é importante saber lidar com situações de "pane" do sistema, aquelas ocasiões em que os travamentos e bugs impedem o funcionamento do computador 

Preparamos algumas dicas para você conhecer o modo de uso de algumas ferramentas disponíveis no Windows para remediar, corrigir, bem como para prevenir problemas. 


1- Como fazer a Restauração de Sistema

Da mesma forma que outras versões do Windows, o 7 também conta com o recurso de Restauração de Sistema que, entre outras funções, tem a capacidade de fazer um backup do registro e arquivos do sistema sempre que instalar um novo software ou drivers. Esse recurso se torna útil quando você instala algum software mal intencionado que pode prejudicar seu computador. Assim, você pode acionar a Restauração de Sistema e recuperar seu computador para um estado anterior a instalação do software.

Existem dois lugares dos quais você pode acessar o recurso de Restauração do Sistema. O primeiro é no menu INICIAR dentro da pasta "Ferramentas do Sistema".

 

 


Outra forma é digitar na caixa de diálogo no menu INICIAR a palavra "restauração" (sem aspas). Você verá no topo da lista a opção Restauração do Sistema.

 

 

Uma outra forma ainda mais rápida é digitar "rstrui" na caixa de diálogo e pressionar ENTER.

 

 

Surgirá a tela inicial da Restauração de Sistema, na qual você poderá dar início à recuperação do seu PC. Clique em Avançar.

 

 

Você verá uma lista com diversos pontos os quais o computador poderá ser restaurado. Basta escolher o ponto que mais lhe convém e clicar em Avançar.

 

 

A seguir, você terá a tela de confirmação do ponto de restauração com todas as informações necessárias. Para confirmar, clique em Concluir.

 

 

 

NOTA: Alguns especialistas indicam que, para ter melhores resultados, é necessário executar a Restauração de Sistema no Modo Seguro do Windows. Para fazê-lo, reinicie o computador e, enquanto o sistema começa a reiniciar, tecle algumas vezes o F8. Esse procedimento fará com que você tenha a opção de entrar no Modo Seguro do computador.


2- Desfragmentando o disco regularmente (e com agendamento)
 

O Desfragmentador de Disco já não é segredo nenhum para diversos usuários veteranos de computador. Mas apesar de ser uma dica pra lá de básica, a grande maioria dos usuários de PC esquece ou nem sequer sabe da existência desse recurso. Para esses usuários vale dizer que, quando um arquivo está fragmentado, é como se ele estivesse bagunçado, com uma parte para cada lado do disco. Isso faz com que a leitura do mesmo seja muito mais lenta. Para arrumar a bagunça, o Windows conta com essa ferramenta. Para acessá-la, clique no menu Iniciar e, na caixa de pesquisa, digite "desfragmentador de disco" (sem aspas).  



 

O Windows 7 configura automaticamente a função de Desfragmentação de Disco para desfragmentar o computador em um determinado horário, uma vez por semana. Geralmente essa configuração está apontada para às 01:00 de quarta-feira. A questão é que nem todo mundo está acordado e com o PC ligado nesse horário às quartas! Sendo assim, que tal programar a desfragmentação para um horário mais acessível?

Para iniciar o utilitário de desfragmentar, digite "defrag" (sem aspas) na caixa de diálogo do menu INICIAR. No topo da lista, surgirá o desfragmentador. Pressione ENTER.

 

 

Você também pode acionar o desfragmentador através da pasta Ferramentas do Sistema no menu INICIAR.

 

 


Você verá a janela do desfragmentador surgir...

 

 


Para alterar o dia e hora com que o desfragmentador vai funcionar, basta você clicar no botão "Configurar agendamento...". Na janela seguinte, altere a Frequência, Dia, Hora e os Discos a serem desfragmentados. Quando terminar, clique em OK.

 

 

Pronto! Você pode escolher um horário e dia da semana que coincida com seus horários.

 

 

3- Criando um Ponto de Restauração do Sistema


A Restauração do Sistema é um recurso que pode salvá-lo de alguns apuros e de diversos softwares mal intencionados. A criação de um Ponto de Restauração é útil quando, por exemplo, você deseja instalar um programa, mas tem dúvidas se ele pode danificar seu computador. Assim você cria um Ponto e instala o software, se algo der errado você pode voltar atrás.

Clique no botão direito do mouse em Meu Computador e selecione Propriedades.

 


Na janela seguinte, clique em Proteção do sistema.

 

 

Em seguida, no pé da janela que surgiu, clique no botão Criar.

 

 

Agora, você poderá dar um nome para o seu ponto de restauração. Dessa forma fica mais fácil identificá-lo. Clique em Criar.

 

 

Pronto! Quando você precisar restaurar seu sistema, o ponto criado estará lá para trazê-lo de volta às configurações originais.

 


 

4- Restaurando ícones retirados da Área de Trabalho


Se você removeu acidentalmente algum ícone importante da sua Área de Trabalho, como o da Lixeira ou Meu Computador, por exemplo, saiba que existe uma forma bastante simples de colocá-los de volta. 

Clique no menu INICIAR, Painel de Controle, Personalização.

 

 

Você também pode clicar na Área de Trabalho com o botão direito do mouse e escolher "Personalizar".

Em seguida, escolha o link "Alterar ícones da Área de Trabalho".

Na janela seguinte, basta marcar as caixas dos ícones que você deseja ter de volta na sua Área de Trabalho e clique em "Aplicar",  "OK".

 

 


5- Como criar uma Imagem do Sistema


Os utilitários de backup do Windows 7 permitem criar uma imagem de backup da sua máquina sem a necessidade de um outro programa, usando apenas os recursos presentes no próprio Windows.

Vamos supor que você acabou de instalar a sua cópia do Windows 7 e quer configurar todo o sistema a seu gosto. É ótimo ver tudo tinindo, não é mesmo? Porém, agora é a hora em que você deve criar uma imagem do disco para que, em caso de uma eventual falha, você possa usá-la para restaurar todo seu sistema ao ponto inicial. Essa imagem a qual nos referimos nada mais é do que uma cópia exata de tudo no disco. Esse procedimento pode ser feito a qualquer momento, mas o ideal é fazê-lo quando tudo está limpo e organizado em seu sistema. Isso fará com que o arquivo de imagem não seja tão grande, além de deixá-lo conciso e perfeito para uma possível restauração.

Clique no menu INICIAR e depois em "Ponto de Partida". Caso esse ícone não esteja mais no seu menu INICIAR, é possível acessá-lo através do Painel de Controle. Feito isso, clique em "Fazer backup dos seus arquivos".

 

 

Em seguida clique em "Criar uma imagem do sistema".

Decida onde você vai gravar a imagem. Você pode escolher entre "queimar" em um DVD, salvar em um local de rede ou em um disco externo.

 

 

Escolhido o local, clique em "Iniciar Backup"

 

 

Assim que o processo se completar, você terá a opção de criar um Disco de Reparação do Sistema. É com ele que você terá a chance de recuperar seu sistema com a imagem que acabou de salvar.

 

 

6- Criando um Disco de Reparação do Sistema


o Windows 7 é bastante estável em relação às versões anteriores, porém nunca se sabe quando uma falha pode acontecer. Vamos dar uma olhada em uma opção do Windows 7 que permite criar um sistema de disco de reparação, caso você precise iniciar a partir dele para recuperar seu sistema operacional.

Para iniciar a criação do disco de reparação, digite na caixa de diálogo do menu INICIAR, "Disco de Reparação" (sem aspas) e tecle ENTER.

 

 

Será iniciado o sistema para a criação do disco. Insira um disco em branco no seu drive de gravação e clique em "Criar Disco".

 

 

Quando o assistente terminar, você terá seu disco pronto para ser usado em caso de emergência. Para usá-lo, basta inseri-lo em sua unidade de CD/DVD, reiniciar a máquina e determinar o boot a partir da mídia gravada.

 

 

| URL curta

Comentários ()


© Copyright 1998-2014 Grupo NZN | A empresa Privacidade Termos de uso Trabalhe conosco RSS Contato