Aprenda a fazer root ("rootear") no Android

Opção permite obter os poderes do superusuário para alcançar privilégios de acesso virtualmente ilimitados a seu dispositivo

Por Equipe SD em 20/08/2012


1- Rootear, fazer o root ou rooting. O que é?

O root, nos sistemas baseados em Linux (como é o caso do Android), é o superusuário, o correspondente ao usuário administrador do Windows. Ele possui acesso irrestrito sobre o dispositivo em que está logado, podendo alterar qualquer configuração do sistema.

"Rootear" o Android nada mais é que adquirir os privilégios de superusuário para obter mais poder sobre seu smartphone e poder personalizá-lo do jeito que bem entender.

 

2- Para que fazer isso?

A partir do momento em que você faz o root no Android, pode interagir e configurar melhor o hardware. Pode, inclusive, alterar configurações de segurança e performance, instalar ROMs (programas) não autorizados pela loja Google Play e ainda aplicar mods (modificações) pontuais, como o caso dos famosos Cyanogen e MIUI, que modificam toda a aparência e dinâmica do sistema.

É possível, também, instalar versões alternativas, novas ou betas do sistema operacional, definir configurações para economia da bateria, fazer overclock (aumento de velocidade de funcionamento do processador), definir opções diferenciadas de rede e muito mais.

 

3- Tem algum risco?

Basicamente, o perigo maior é o de perder a garantia do aparelho que você comprou e de suas vantagens (como upgrade gratuito de sistema) etc.

O rooting também pode prejudicar a segurança do dispositivo contra malwares e invasões.

 

4- Vale a pena?

Se você é um usuário que deseja explorar as opções do seu Android mais a fundo, e se possui conhecimentos razoáveis de informática, sim. Do contrário, é melhor utilizar os recursos padronizados do smartphone.

 

5- E como é que faz?

Há dois programas gratuitos para "rootear" dispositivos com Android. O primeiro e mais recomendado pela internet é o "Unlock Root", que pode ser baixado pelo site www.unlockroot.com

Primeiro passo: conecte o seu Android direto no USB do computador (certifique-se de que as configurações de USB no Android estão no modo debug, checando a opção "Settings > Applications > Development" e marcando a caixa correspondente a "USB Debbuging").

 

Segundo passo: instale o programa no PC e execute o arquivo UnLockRoot.exe.

Terceiro: na tela principal do programa, escolha o dispositivo conectado.

 

Quarto: clique sobre o botão ROOT (sempre com o aparelho conectado ao PC).

 

Quinto: instale o app PowerSave para melhorar o gerenciamento de energia via bateria do smartphone.

Para o procedimento funcionar, será necessário reiniciar o sistema.

Outro app que pode ser usado para assumir os superpoderes no Android é o SuperOneClick, que funciona de maneira muito semalhante ao UnLockRoot.

| URL curta

Comentários ()


© Copyright 1998-2014 Grupo NZN | A empresa Privacidade Termos de uso Trabalhe conosco RSS Contato