8 dicas & truques para Windows 8

Aprenda algumas dicas para o Windows 8 que podem aumentar a sua interação e expandir as possibilidades do sistema operacional

Por (Model.Autor.Nome) em 06/06/2013


Você já reparou que o novo Windows 8 traz diversas funções que ainda foram pouco exploradas pelos usuários? Por ser um sistema tão grande e com tantas ferramentas úteis, isso é normal. Por isso, que tal aprender novas dicas e truques para ele? Assim, você pode deixá-lo com a sua cara e ficar ainda mais satisfeito de ter essa poderosa ferramenta em mãos.

Por conta disso, nós do Superdownloads resolvemos fazer uma lista com 8 dicas e truques fáceis que podem mudar e muito a sua forma de interagir com esse sistema. Veja abaixo nossas dicas e lembre-se de espalhar essas novidades nas redes sociais! #dicawindows8

1. Crie grupos e organize a tela inicial

Quando você abre a tela inicial, é possível notar que alguns aplicativos já possuem grupos, outros não. Para organizar a sua tela incial, você poderá criar os seus próprios grupos. Para isso, basta arrastar os blocos de um aplicativo para qualquer espaço vazio da tela e criar um grupo novo. Se você quiser renomear este grupo (Trabalho, Jogos, etc.), basta clicar no botão minimizar (localizado no canto inferior direito da tela) e selecionar o grupo que você deseja renomear com o botão direito do mouse. Você terá a opção de organizá-los de acordo com a sua preferência e alterar seus nomes quando quiser.

Se você quiser, também é possível desafixar alguns blocos da tela inicial. Por exemplo, se você raramente utiliza um aplicativo e não quer mais vê-los no menu da tela iniciar, selecione-o com o botão direito do mouse e, no menu inferior, clique em “desafixar da Tela Inicial”.

2. Screenshots com maior velocidade

Esse é um comando simples e absurdamente útil, que vai mudar a vida de milhares de usuários. Até o Windows 7, a forma como se tirava uma screenshot era complicada. Você precisava clicar na tecla “Print Screen” e depois abrir o Paint ou qualquer outro editor de imagens, colar o resultado ali e salvá-lo antes de tirar outra screenshot, ou você perderia a primeira tirada.

No Windows 8, tudo foi facilitado para você. Basta segurar a tecla Winkey (aquele com o símbolo do Windows) e apertar a tecla “Print Screen”. Sempre que você fizer isso, uma captura de tela será enviada automaticamente como imagem no formato PNG na pasta “Captura de Tela”, dentro de “Imagens”. Muito mais prático, não é mesmo?

3. Várias formas de desligar

Além da tela iniciar, existe um outro detalhe que passou despercebido pelos usuários, mas que acabou fazendo muita diferença: o botão de desligar. Aonde fica? Primeiro, é preciso entender que a Microsoft deixou essa opção menos visível simplesmente porque não é necessário utilizar um botão para desligar o sistema operacional em aparelhos modernos. Em tablets e smartphones, por exemplo, basta utilizar o próprio botão físico da máquina. E o mesmo vale para os computadores atuais, o que é muito mais prático. Porém, existem aquelas pessoas que desejam desligar o sistema da forma antiga, para garantir uma maior segurança na hora de desligar o equipamento. Então, como fazer isso? Existem diversas formas, então vamos listar três delas para você decidir como acha melhor:

  • Forma clássica: Posicione o cursor do mouse no canto direito da tela e arraste-o para baixo (ou aperte a “tecla do Windows +C”). Uma coluna lateral com cinco ícones vai aparecer. Clique em “Configurações” e escolha a opção “Ligar/Desligar”, que vai expandir um menu suspenso. Clique em “Desligar” e pronto, você pode dar boa noite para o seu Windows.

  • Com um atalho: Se você acha ruim ter de seguir esse caminho sempre que deseja desligar a sua máquina basta criar um atalho. Na área de trabalho, clique com o botão direito do mouse e uma nova janela será aberta. Selecione “Novo” e clique em “Atalho”. No campo “Digite o local do item”, escreva “shutdown.exe –s –t 00" (sem as aspas) e depois digite um nome para o atalho. Pode ser “Desligar” ou qualquer título que você quiser. Para terminar, clique em “Concluir” e pronto, você terá um botão que desliga o seu Windows 8. Se quiser, é possível alterar o ícone clicando no atalho e, em "Propriedades", vá em "Alterar ícone".

  • Pela tela de notificação: Os usuários mais antigos devem se lembrar que nas versões bem velhas do Windows, uma caixa de diálogo era exibida na tela antes dele ser desligado. No Windows 8, você pode voltar a utilizar essa opção, que é muito útil. Basta entrar na área de trabalho utilizando o atalho “Alt+ F4” e, na nova janela que abrir, escolher a alternativa “Desligar” na caixa de seleção da tela. Depois clique em “OK” para confirmar esse desligamento e você encerrará as atividades do seu sistema.

E como eu fecho os programas?

Bom, já que estamos falando de algumas formas como encerrar o Windows 8, vale a pena citar também como encerrar os programas. Se você percebeu, não existe aquele botão “X” no topo da tela para fechar os aplicativos. Isso acontece porque os computadores com Windows 8 são modernos e com muita memória RAM, então os programas podem ficar abertos em segundo plano como padrão e sem problemas, ajudando a iniciar rapidamente cada um deles assim que requisitados. Mesmo assim, há quem prefira encerrá-los de vez. Para isso, basta pressionar as teclas “Alt+F4” e encerrar o programa. Você também pode arrastar o aplicativo desejado de cima para baixo ou, pelo gerenciador de tarefas, selecionar o app na lista e clicar em “Finalizar tarefa”.

4. Agendamento de manutenção automática

Entre as novidades do Windows 8, está um recurso que executa as tarefas de manutenção de forma automática. Entre eles, estão as atualizações de software, varreduras de segurança e testes com diagnósticos diários. Se você nunca alterá-lo, ele vai ser ativado todos os dias às 3h da manhã, mas, por ser um sistema operacional versátil, você pode alterar essas configurações para que as tarefas sejam executadas de acordo com a sua vontade.

Para isso, vá até a Central de Ações, clique no ícone com uma bandeira branca na barra de tarefas próxima ao relógio (ou então abra a tela iniciar e digite “painel”, clique no Painel de Controle e digite “central”). Depois disso, clique em “Manutenção” e clique em “Alterar configurações” para ver as opções. Se você preferir, também é possível fazer a manutenção manual do sistema na própria Central de Ações, clicando em “Manutenção” e depois em “Iniciar Manutenção”.

5. Esconda aplicativos da barra de pesquisa

Quando você quer pesquisar alguma coisa na tela inicial do Windows (ou pressionando a tecla do Windows + F), uma lista com todos os seus aplicativos aparecerão no campo de pesquisa. Se você clicar em um deles, o termo utilizado na sua pesquisa também será utilizado para pesquisar dentro do app específico, o que é bem útil. O que muitos usuários ainda não sabem é que é possível personalizar essa lista, removendo e acrescentando aplicativos a partir das configurações do Windows 8.

Como fazer isso? Muito fácil: abra a barra de configurações (tecla do Windows + I) e procure, no final da coluna, por “Mudar configurações do computador.” Depois disso, clique em “Pesquisar” na barra à esquerda e desative todos os aplicativos que você não quer que apareçam durante a pesquisa universal do sistema. Caso queira colocá-los novamente na pesquisa, basta retirar a seleção feita deles.

6. Personalize melhor os seus ícones

O Windows 7 já permitia que seus usuários personalizassem seus ícones. Porém, para fazer isso, era preciso realizar um processo mais longo. Com o Windows 8, você pode personalizar os ícones das Bibliotecas direto nas configurações. Basta clicar com o botão direito em uma das suas Bibliotecas, clicar em “Propriedades” e procurar pela opção para mudar o ícone no rodapé da janela. Essa função só não funciona com as Bibliotecas Padrão (“Documentos”, “Imagens”, “Músicas” e “Vídeos”).

Aproveitando que você está nessa área, você também pode fazer uma outra mudança, referente aos Favoritos que aparecem na barra lateral do Explorer: se eles estiverem te atrapalhando e ocupando espaço, é possível removê-los clicando com o botão direito em um espaço vazio da barra lateral e desmarcando a opção “Mostrar Favoritos”.

7. Mais funções com múltiplos monitores

Se você possui mais de um monitor, então já deve ter reparado que o Windows 8 estende a barra de tarefas a todos eles. Mais que isso, quando você está com um aplicativo aberto, basta apertar o “tecla do Windows + Page Up” para que ele fique no monitor à sua esquerda ou “tecla do Windows + Page Down” para que ele fique no monitor à sua direita. E se você prefere que as coisas fiquem como antigamente, basta entrar na barra de tarefas (clicando nela com o botão direito do mouse) e desativar a barra nos outros monitores.

Também é possível escolher um papel de parede para cada monitor. Basta clicar com o botão direito no desktop e escolher a opção “Personalizar”, depois clique em “Tela de Fundo da Área de Trabalho” e então clique com o botão direito em qualquer papel de parede e selecione em qual monitor ele será exibido.

8. Menus feitos para hard users

Se você é um usuário experiente, então provavelmente sente falta de um recurso mais avançado para o seu menu do Windows. Mas esse problema acabou, pois nessa nova versão você pode acessar um excelente menu apertando a “tecla do windows (Winkey) + X”. Fazendo isso, você abre um menu com links para o Painel de Controle, Gerenciador de Dispositivos, Prompt de comando, Gerenciador de Tarefas e muitas outras ferramentas.

Fonte(s)
Imagens
| URL curta

Comentários ()


}