Office Online, a versão grátis do Microsoft Office 2010

Acompanhando o lançamento do irmão mais velho, a versão online do Office 2010 chega para bater de frente com Google Docs, Zoho e outras plataformas para criação e edição de documentos via web

Por Tiago Alcantara em 29/07/2010


Microsoft Office 2010

Acompanhando o lançamento oficial do Office 2010, chega também para os usuários a versão online da suíte para escritórios da Microsoft. A versão do pacote que incorpora o conceito de computação em nuvem para criação e edição de documentos foi chamada pela MS de Office Web Apps. Estão diponíveis os mais famosos: Word, Excel, PowerPoint e o novo bloco de notas para anotações, One Note.

A versão já podia ser avaliada pelos usuários através do Microsoft OneDrive. O serviço foi desenvolvido para uso gratuito, assim como seus concorrentes Google Docs, Zoho e outros. Apesar disso, no momento o Microsoft Office Web Apps está liberado apenas para os usuários do pacote Office 2010.

Além de trazer a mobilidade, a possibilidade de visualizar, compartilhar e editar documentos, planilhas, apresentações via web com certeza atrai a atenção dos usuários. O primeiro passo para acessar o Microsoft Office Online é possuir uma conta no Windows Live, que pode ser o e-mail usado para acessar o Windows Live Messenger (MSN) 2009.

Word Web App

Contando com a interface ribbon, presente em todos os aplicativos do pacote, a versão online do Word oferece aos usuários uma versão enxuta do menu de opções do software para PC. Com o programa você pode escolher entre diversas fontes, organização de parágrafos, estilos e até uma área de transferência para quem usa muito o Ctrl+C e Ctrl+V.

 

Como era de se imaginar, a versão simplificada do Word tem recursos que fazem falta. Não é possível mudar o layout da página ou ter acesso à revisão - a única ferramenta disponível é a correção ortográfica. Funções como contagem de caracteres, inserções de notas de rodapé e comentários podem fazer falta para profissionais e estudantes acostumados com relatórios e trabalhos acadêmicos.

A criação de notas, matérias e trabalhos sem a necessidade de tantos recursos se encaixam melhor no formato da aplicação. É possível incluir imagens, tabelas e cliparts diretamente do banco de dados da Microsoft. A busca é rápida e os elementos podem ser redimensionados e editados para se encaixarem bem nos seus textos.

Excel Web App

O criador de planilhas gráficas e matemáticas talvez seja o maior prejudicado pelo formato simplificado proposto pelo Office Web Apps. Isto porque diversos de seus diferenciais ficaram de fora da versão. Os usuários mais avançados do programa irão sentir falta das opções para organização e comparação de dados.

Os usuários do programa estão inclusive limitados na criação de gráficos - função realizada em pouquíssimos cliques na versão para sistema operacional do aplicativo. Também não estão presentes os menu de fórmulas e dados. O que exclui o uso do programa para medir hipóteses, consolidar dados ou mesmo trabalhar organizar grandes quantidades de informações, como em um mailing de contatos, por exemplo.

PowerPoint Web App

Outra das populares ferramentas da Microsoft, o PowerPoint ganhou uma adaptação para o sistema de criação online que não é tão avançada, mas permite que seus usuários criem apresentações em poucos passos, sem muitas complicações. O primeiro passo é escolher um dos modelos de layout pré-definidos, com combinações de cores e fontes.

Há o recurso para a inserção de imagens e smartarts em suas apresentações, porém não é possível redimensioná-las, ficando como opção de edição apenas alterar o estilo da imagem, incluindo bordas ou mudando seu formato. O controle de slides não compromete, apesar de não ser possível editar suas transições.

Além de poder adicionar anotações aos seus slides, também é possível ter um prévia do trabalho que está sendo desenvolvido na aba Exibir. Além da opção de exibição de leitura, também é possível visualizar a apresentação dos slides assim como na versão tradicional.

No geral

Como pontos positivos do pacote em geral podemos citar a possibilidade de compartilhar os documentos com seus amigos. O que não é uma novidade, mas certamente ajuda o trabalho colaborativo. Apesar de usar a nuvem como forma de armazenagem, a velocidade do serviço não deixa a desejar.

Todos os documentos criados online contém a possibilidade de edição via versão instalada no seu PC, da onde podemos concluir que o Office Web Apps é mais um adicional do pacote ou um coringa para situações inusitadas do que um dispositivo completo e independente do Office 2010.

Fonte(s)
Imagens
| URL curta

Comentários ()


}