Criadores do Jovem Nerd e Nerdcast se apresentam na Campus Party 2011

Alexandre Ottoni e Deive Pazos, junto a Eduardo Sphor e Eduardo Gomes, contaram como ser nerd os ajudaram a ter sucesso em suas áreas

Por Rodrigo Lima em 21/01/2011


Lambda, Lambda, Lambda! Foi assim que começou a apresentação de Alexandre Ottoni (Alottoni) e Deive Pazos (Azaghâl), os criadores do site Jovem Nerd e podcast mais popular do Brasil, o Nerdcast. A expressão que foi usada pelos dois já é bem conhecida do filme "A vingança dos Nerds" e também é bordão presente no começo de cada Nerdcast, que vai ao ar todas as sextas-feiras no Jovem Nerd.

Os criadores do Nerdcast falam sobre o "Orgulho Nerd"

Sem dúvida, este foi o evento mais aguardado entre os presentes na Campus Party 2011. Centenas de Nerds, Geeks ou simplesmente fãs do Jovem Nerd se amontoavam entre cadeiras e também ao lado delas para acompanhar o que os dois tinham a dizer.

Alotonni e Azaghâl começaram sua apresentação falando sobre o que é o "Orgulho Nerd". Para isso, se valeram do telão que exibia imagens que fazem parte deste universo. A cada foto que era exibida no telão, os presentes se entusiasmavam, gritavam e batiam os pés no chão.

Centenas de pessoas se expremiam para acompanhar a palestra

Alotonni disse que ser Nerd no Brasil ainda é algo pejorativo, enquanto nos Estados Unidos, os Geeks têm orgulho de si mesmos. Para ele, isso deveria mudar. Segundo um dos fundadores do Nerdcast, "o que o nerd faz de melhor é aprender e colocar em prática algo que pode mudar o mundo". 

Em seguida, Eduardo Spohr e Marco Gomes foram chamados ao palco. Os dois são presença constante no Nerdcast e conhecidos dos presentes. Sphor também é o autor de "A batalha do Apocalipse", um dos livros de não ficção mais vendidos no Brasil nos últimos meses.

Spohr explicou como ser nerd o ajudou a construir seu livro. Como ele jogou RPG por muitos anos, elementos dos personagens do jogo foram retirados das partidas disputadas. Ou seja, ser nerd o ajudou em outra área.

Marco Gomes também é nerd. Ele fundou e é diretor da empresa boo-box. Ela funciona como um sistema de publicidade para mídias digitais. Gomes é de Brasília, mas veio para São Paulo criar o seu projeto que vai muito bem. Sua empresa vincula mais de um bilhão de anúncios por mês em mais de 17 mil sites.

Antes de iniciar a sessão de perguntas, Alotonni deixou um recado que pode ter animado os presentes que desejam criar algo parecido com o que os palestrantes fizeram: "Orgulho eu tenho de ter insistindo tanto em fazer algo que eu queria e conseguir. A gente tem que buscar inspiração no nosso mundo".

Links Relacionados

Fonte(s)
Imagens
| URL curta

Comentários ()


}